Sou hipertenso, posso fazer musculação?

Não pode, deve! Já de cara respondo essa pergunta, mas como muitas coisas na vida, tem algumas ressalvas. A pessoa hipertensa, assim como diabéticos, cardiopatas e outras doenças crônicas, é aconselhável a pratica de um exercício físico rotineiro, mas específico para sua condição física, daí mais uma vez a importância do acompanhamento de um profissional de Educação Física para esclarecer quais exercícios e intensidades para se realizar tal atividade.

A hipertensão é uma doença crônica, onde a  pressão sanguínea nas artérias se encontra constantemente elevada, não apresenta sintomas, se tornando uma doença silenciosa, fator esse que eleva seu grau de risco, muitas vezes a pessoa fica um longo período sem saber que a tem, podendo isso ser fatal.

Em primeiro lugar, com acompanhamento médico e medicamentos é possível controlar os níveis da pressão, aliando a isso a pratica regular de exercícios físicos, esse controle fica ainda melhor. Muitos acham que somente exercícios aeróbicos é aconselhável fazer, mas a musculação mais uma vez prova que é uma pratica ótima, também para esse público.

Quando falamos de musculação para hipertensos não estamos falando em exercícios voltado para um grande ganho de volume muscular, mas sim como uma pratica mais moderada, com menor volume de carga, controle nos intervalos e menor intensidade nos exercícios, respeitando muito o seu estado físico atual. Por isso é importante buscar um profissional habilitado para trabalhar com esse público específico, o acompanhamento próximo é o mais recomendado, invista em um personal trainer. Aliar o tratamento medicamentoso, musculação e alimentação equilibrada, irá sem dúvida auxiliar na manutenção da melhoria da qualidade de vida deste indivíduo.

A momentos na vida que economizamos e a outros que investimos, cuidar da saúde é um dos momentos que mais precisamos investir, pois ter uma vida longa e saudável não tem preço. Analise bem onde você direciona seu dinheiro, e curta bem a jornada.

Pense nisso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *