Saúde e Espiritualidade

2021. Nem as mentes mais criativas (e pessimistas) imaginariam que iriamos passar por tudo o que estamos passando. Provavelmente, toda essa situação vem para nos mostrar que precisamos ampliar nossos horizontes e nos dedicarmos a algo além do físico: o ESPIRITUAL.

Para iniciar, precisamos entender que saúde vai muito além da ausência de doença ou enfermidade. Saúde é um estado de bem-estar físico, mental e social. Também, é importante compreender que religiosidade e espiritualidade podem ou não andar juntas.

A Espiritualidade se refere ao transcendente e ao sagrado. Ela trata da convicção que existe algo além do material e físico; abrange a ideia do Sagrado, do Espírito ou mesmo da ancestralidade. Quando essa espiritualidade se institucionaliza, surge a religião.

Então, a Espiritualidade não exclui a religião ou religiosidade, mas se completam.

Obviamente a espiritualidade não é a solução que substitui os cuidados médicos, mas sim, uma aliada capaz de potencializar o bem-estar e a qualidade de vida, mesmo quando não estamos enfrentando uma crise pessoal ou de saúde. Diversos pesquisadores já demostraram que as pessoas que possuem fé tendem a ser mais saudáveis que aqueles que não praticam nenhum credo.

E agora, pergunto à vocês: o que faz sentido para você, neste momento? Trabalho, família, filhos, natureza, acreditar em um ser superior ou até mesmo uma atividade física.

Desenvolver e fortalecer nossa espiritualidade só pode acontecer se nos voltarmos à nossa interioridade, levando à ressignificação da nossa existência e abrindo espaço para mais saúde, qualidade de vida e longevidade.

E como diriam nossos queridos avós: “Se conselho fosse bom, a gente vendia”, deixo algumas dicas de como podemos exercitar nossa espiritualidade:

  • Vibre em alta frequência: sentimentos positivos reduzem o stress e previnem a depressão, ansiedade, suicídio e abuso de substâncias
  • Encoraje o otimismo: busque o lado bom mesmo nas situações mais desafiadoras
  • Cultive a fé (no que você quiser): pare, respire, ore e agradeça por cada momento que você vivencia
  • Busque respostas para as questões: De onde vim? Para onde vou? E trace um plano para chegar até lá
  • Estimule a compaixão e o altruísmo: olhe para você e para os seus, mas não esqueça de enxergar o outro
  • Cultive virtudes: honestidade, perdão, gratidão, paciência e interdependência fortalecem e mantêm relacionamentos, aumenta a positividade e neutraliza a negatividade

Então, minha gente, vamos em busca do nosso sagrado para que possamos enfrentar mais esse desafio pois quando temos fé, até o impossível começa a acontecer. Paz e bem a todos vocês.

Cinthya R. Alba Rech
Enfermeira Paliativista
COREN PR 104793

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *